Translate

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Final de Ano no Camping do Zé Roque


Não adianta, temos conhecido outros campings por aí, mas esse ainda é o nosso preferido. Simples, acolhedor e rodeado por uma natureza exuberante. Em companhia de amigos queridos então, é o local perfeito.
Passamos um bom tempo planejando o Ano Novo, o que levar pra ceia, quando ir, fazer ou não um amigo secreto... tanta coisa pra planejar, mas conforme o tempo foi passando a ansiedade só aumentava!
Acabou que ninguém foi pra lá no mesmo dia, alguns privilegiados puderam ir antes, nós só pudemos ir no domingo, dia 29/01, mas na sexta-feira já estávamos arrumando as coisas, no sábado o carro já estava todo carregado, e domingo depois de uma enrolada básica conseguimos sair de São José por volta das 10h30, o pessoal esperando a gente lá no camping, todos ansiosos, e lá não pega celular, imagina!!!
Quando finalmente chegamos foi aquela festa de sempre quando encontramos nossos amigos queridos, Paula, Alice, Gera, Edson, Paulo e Heitor! Já estavam ficando bravos porque a gente demorou, rsssssss. Enquanto o Marcos descarregava o carro a Lívia foi passear pelo camping e eu preparar o almoço. Um calor e eu na beira do fogão! Affffff!


Almoçamos, terminamos de arrumar nosso cafofo, com um colchão novinho em folha pra Lívia, já que o antigo furou. Paramos pra prosear com os amigos na sombra de uma árvore, e nesse dia o cansaço não nos deixou fazer mais nada.




Quando acampamos juntos formamos uma Vilinha só com as nossas barracas, dessa vez foi a nossa T6.2, que eu já achava grande, a T6.2 XL air C, da Paula e Edson (Nozes e a Barraca), a Alice e o Gera (Camping & Adventure)  foram com a T4.1, e o Paulo com a 2 Seconds Fresh que ganhou no Encontro dos Blogs Campistas, vila formada, só curtir o local e os amigos, embora dessa vez não estivesse tão sossegado, por conta de uma turminha que não respeitava muito a política da boa vizinhança, principalmente um povo que levou cachorros e deixou soltos pelo camping, fazendo sujeira em frente a todas as barracas! Outra coisa que quase estressou o Marcos foi uma chuva que caiu tão rápido que não tivemos tempo pra recolher a lona, molhou tudo, mas eu falei pra não se preocupar, o sol que já estava voltando a mil logo secaria tudo, ficamos espertos e ameaçando chuva já recolhíamos a lona, agora estamos pensando num piso ecológico...




Problemas a parte, fomos lá para curtir e não ficar estressando com a cachorrada, então no dia 30 pela manhã, resolvemos passear de jipe até o topo da Cachoeira dos Pretos, pura diversão! A Lívia finalmente estava fazendo amizades, o Paulo tinha sumido, então foram só os adultos pra cachoeira. 
Chegando lá damos de cara com o Paulo, que é filho da Alice, junto como o Nicolas, filho da Cristina (dona do Camping), não é que a criançada estava trabalhando? Dessa vez como guias para os turistas que subiam até o mirante da cachoeira.
É, o Paulo estava com emprego garantido, seu Zé Roque fica muito feliz ao ver crianças esforçadas e incentiva mesmo a trabalhar (e paga), e a cada dia o Paulo se divertia "trabalhando" junto com o Nícolas, mas resolveu receber o pagamento andando nos cavalos do camping, boa troca na minha opinião!
Tiramos belas fotos, como sempre e depois voltamos pro camping, preparamos o almoço, proseamos e resolvemos entregar os presentes nesse dia, porque o dia seguinte seria muito puxado, principalmente pra mulherada, pois passaríamos preparando a ceia do Ano Novo.






















Conversa com os amigos, jiboiando um pouco na sombra, brincando com o Bebê, o papagaio de estimação da Cristina, passeando na parte baixa da cachoeira, até que meu marido finalmente conseguiu realizar seu sonho de descer o córrego no nosso bote, a gente já tinha remendado o bote, meu medo era furar de novo porque o rio estava bem raso, mas depois de uma chuvinha rápida ficou mais fácil, lá vai ele, cercado pelas crianças, a gente lá rindo e tirando foto, só imaginando a belezura que seria essa aventura.
Dito e feito, no meio da travessia tinha uma cordinha estendida, falei pra ele se abaixar, mas ele curvou o corpo para trás, desequilibrou e assim a Paula conseguiu a melhor foto dessa acampada:











À noite foi muito divertido na hora de desvendar o Amigo Secreto, o da Lívia eu já tinha descoberto sem querer, e o Marcos não soube disfarçar e precisou da minha ajuda pra comprar o presente, então esses dois eu já sabia. O engraçado era o Marcos me seguindo na Decathlon pra tentar descobrir quem eu tinha tirado, mas eu não deixei ele descobrir antes da hora.
Esse amigo secreto foi uma marmelada das grandes, como foram poucas pessoas participando, imagina só... O Gera tirou o Heitor, o Heitor tirou a Alice, a Alice tirou o Paulo, tudo em família! O Paulo tirou o Ed, o Ed me tirou, eu tirei o Marcos, o Marcos tirou a Lívia, tudo em família de novo, e a Lívia tirou a Paula! Nossa, como é agradável estar com essas pessoas.
A Lívia já tinha feito muitos amigos e alguns fãs por causa de seus desenhos, tinha hora que a gente chegava na barraca e ela estava lotada de crianças aprendendo a desenhar e pintar com ela, com aquele calor! Dessa vez a Lívia ficou mais independente ainda, dormiu sozinha no seu quartinho na barraca, antes ela pedia pra dormir com a gente, pois tinha medo do lobisomem... ela ficava passeando com os coleguinhas pelo camping todo, voltava pra barraca na hora de comer e dormir, e seu Zé Roque até quis contratá-la para ficar abrindo a porteira, mas ela disse que vai aceitar o emprego se voltarmos lá nas férias.








Na manhã seguinte Marcos levantou e falou um "Bom dia" para os amigos, e aí aconteceu a coisa mais linda: Heitorzinho respondeu do jeitinho dele, mas todos entendemos direitinho: Bom dia! Foi tão lindinho!!! A Alice disse que foi a primeira vez que ele falou um Bom Dia tão certinho assim. Fui com o marido até a cachoeira, uma das amiguinhas da Lívia foi embora, aí ela foi fazer companhia ao Paulo e ao Nícolas, deixando os pais de lado... depois voltamos e fomos pra cidade comprar as coisas que faltavam pra ceia. A Lívia ficou no camping.
Quando voltamos da cidade a Lívia veio nos recepcionar logo na porteira, dizendo que houve um acidente, um rapaz tinha caído da cachoeira, e morreu, porque lá qualquer queda é fatal. O movimento estava normal, então fomos conversar com a Cris, a Pollyana, filhinha dela disse que com esse acidente já eram 18 mortes., mas na verdade já somam 23!!! Nossa, foi uma tristeza, acontecer um acidente assim na véspera do ano novo, apesar de aparentemente estar tudo normal, os turistas continuando a passear por lá, na nossa vilinha a tristeza pairava no ar, imaginando a dor daquela família. Tentamos obter mais informações e descobrimos que a vítima era um menino de 14 anos, que subiu a cachoeira por um local proibido, ao tentar lavar as mãos na queda desequilibrou-se e caiu de uma altura de aproximadamente 70 metros. A queda ali é terrível por causa da força da água e a quantidade de pedras, por isso meus amigos, eu recomendo apreciar a cachoeira lá de baixo, a vista é incrível. Se quiserem ir ao topo vão pelas vias permitidas e não ultrapassem o parapeito, por favor, quem visita a cachoeira sente mesmo uma compulsão por pular a grade, mas não se deixe tentar, sua vida vale mais que uns segundos mais perto da água...


Passamos o dia arrumando as coisas pra hora da virada, preparamos tanta comida, mas tanta comida que nem demos conta de comer tudo, isso porque além de nós estavam lá também o Du Fonseca com a esposa e dois casais de amigos, e o Danilo e o Michel que conhecemos lá no camping. Foi tão gostoso confraternizar com esse pessoal. Quando era aproximadamente 23h40 a Luciana chegou com as filhas e o genro, ajudamos na montagem da barraca e à meia noite começou a queima de fogos, foi um show, e fomos ver bem de pertinho. Que lindo, que barulheira! Foi um fim de ano especial. Eu queria muito que minha família toda estivesse lá, e já começamos a planejar isso pra esse ano, tomara que dê certo! Sei que vão gostar, assim como nós e nossos amigos gostamos.
Acabou a queima, guardamos as coisas e fomos dormir como pedras, que sono gostoso!








Fui procurar a Lívia, saí do camping e vi o Lobisomem entrando num carro, eu já sabia que ele ia até a cachoeira, encontrei a Lívia e falei pra ela ir comigo ver o Lobisomem, chegamos lá antes dele, ele chegou e se escondeu perto do restaurante, pouca gente viu, então voltei pra pegar a câmera e quando cheguei no restaurante já estava lotado, quase não conseguimos tirar uma foto com o bicho, e que bicho feio, rsssssss! Deixei uma caixinha pro Lobisomem, vai que ele tem uma ninhada pra alimentar e voltei pro camping, fomos arrumando com calma nossas tralhas até a hora de vir embora, Ed e Paula decidiram voltar também. Alice e Gera ficariam mais uns dias.
Coisas arrumadas, nos despedimos dos amigos e voltamos pra casa... cansados mas felizes!







15 comentários:

  1. Bela acampada e belas fotos!!
    Um pena mesmo o caso do garoto de 14 anos... isso prova que temos que tomar muito cuido com cachoeiras e mirantes...
    Abraços e um ótimo 2014 a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi tudo lindo mesmo, só o acidente que tirou um pouco a alegria das festividades. O recado foi dado: muito cuidado em cachoeiras! Um abração pra vc também e um ano cheio de acampadas!

      Excluir
  2. Realmente foi muito bom , varias diversões e emoções ... o BOM DIA do Heitor ,foi realmente marcante...antes só saia um tímido : diaaa ...rs mas ele ta crescendo e já ta juntando as palavrinhas e tivemos o prazer de dividir esse momento com amigos tão especiais.

    Abraços Familia Jacob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O "Bom dia" e o "Pai vem vê!" foram demais!!!
      Abração, família querida!

      Excluir
  3. Cara Lelah

    Meu nome é Julio Marcello, administrador do site
    Roteiro de Turismo, que já tem quase dez anos de experiência, indicando
    destinos turísticos na região sudeste do Brasil.

    Descobri o seu Blog e fiquei feliz pela qualidade editorial que ele apresenta.

    Assim, gostaria de saber sobre a possibilidade de estar postando uma matéria
    sobre um dos destinos que trabalhamos no site
    www.roteirodeturismo.com.br

    Se houver a oportunidade de postar a matéria, por gentileza, informe o valor para tal ação no e-mail jmeditora100@hotmail.com

    Grato pela atenção.


    Julio Marcello

    ResponderExcluir
  4. Olá Lelah! Isso é o que podemos chamar de uma virada em grande estilo!
    Um dia, se Deus quiser, acamparei em Joanópolis, o Camping do Zé Roque é maravilhoso!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, lá é muito bom mesmo! Se Deus quiser logo vc vem, e a gente quando puder quer dar um pulinho em Minas também!
      Um abraço!

      Excluir
  5. Oi Lelah, sua linda!
    Gostamos muito de acampar na virada do ano na companhia de novos amigos. Apesar de ser uma decisão de última hora, e nos sentirmos um pouco intrusos, tudo estava muito bom e a recepção de todos foi muito calorosa, especialente a sua e de sua família e do Du Fonseca, que de cara, nos ajudaram com as tralhas e montagem das barracas, mesmo quase sendo meia noite...Obrigado! Desejo a todos, e em particular à você, ao Marcos e a Livia u 2014 repleto de muitas alegrias.
    Um grande abraço e até alguma acampada nas estradas da vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi tudo muito bom, né? E que venham muitas acampadas em 2014! Um abração!!!

      Excluir
  6. Prezado editor,

    Me chamo Karina e sou editora do site Best Instagram (www.bestinstagram.com.br), uma plataforma de curadoria que reúne os melhores perfis da rede social organizado em gêneros (artes, cachorros, famosos, fotógrafos, gatos, moda, make up, gastronomia, turismo e muito mais).

    O objetivo é permitir que usuários do Instagram encontrem com mais facilidade perfis interessantes e criativos segundo suas afinidades.

    O interesse em fazer um site dessa temática teve duas motivações. Primeiro, sou fã de carteirinha do Instagram. Gosto de compartilhar fotos, mas especialmente de encontrar perfis que tenham a ver com meus interesses pessoais e profissionais. Segundo, sou entusiasta da fusão arte e tecnologia. A rede social tem atraído artistas, cineastas, escritores, músicos que encontram nela a oportunidade de divulgar, em imagens, seus trabalhos. No Instagram (@karifreitas_) adoro compartilhar minhas fotos de viagem pelos lugares pelos quais passo.

    Gostaria, portanto, de sugerir o site como pauta de publicação em seu blog. A forma como posso retribuir é indicando o perfil Instagram de seu blog de viagem, caso o tenha.

    Estou à disposição para qualquer outra informação.

    Atenciosamente,

    Karina Freitas

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?
    Uma dica de acampamento é o Barragen's Camping (http://www.barragemscamping.visitemaua.com/). O lugar é lindo, muito sossegado e perto do centro de Maringá (1Km). Ótima dica para carnaval e Semana Santa.
    O camping tem espaço para 200 barracas e conta com 4 chalés.
    Ao fundo do camping, passa o rio Preto, com água limpa, cristalina, convidando para um banho refrescante. Vale lembrar que Maringá (região de Visconde de Mauá) é famosa por sua boa gastronomia.
    A estrada até o camping é asfaltada Eu tenho fotos, mostrando o caminho até o camping, desde a Dutra.
    O tel do camping é: (24) 3387-1354 e o cel do Roney é (24) 99818-8963.

    Atenciosamente,

    André Parente

    ResponderExcluir
  8. Hehehe, que bacana essa história. Uma verdadeira aventura. Nada melhor do que passar o fim de ano com a família e os amigos. Obrigado por compartilhar essa experiência no Zé Roque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito bom, Thiago... Vocês já conhecem o Zé Roque? Lindo demais! Um abração!!!

      Excluir
  9. Você tem o telefone do camping? Tentei ligar mas ninguém atende. Muito obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, fiquei um tempo sem usar internet, desculpe, eu tenho esse número, não sei se é o mesmo que vc tentou ligar: 11 4539 34 16. Espero que consiga falar com eles, essa virada estamos indo pra lá de novo!

      Excluir